Cursos Especialização | Inscrições 2017
 
Audiologia Clínica e Ocupacional
Especialização em Linguagem com Enfoque nos Distúrbios de Linguagem, Aprendizagem e na Atuação em Âmbito Educacional
Fonoaudiologia do Trabalho 
Neuroeducação: A Ciência do Cérebro e do Comportamento Aplicada ao Ensino e à Aprendizagem
Cursos Especialização | Em Andamento
Cursos Aprimoramento | Inscrições 2017
 
Aprimoramento em Disfagia e Assistência Hospitalar
Aprimoramento em Processamento Auditivo e Clinica Fonoaudiológica
Aprimoramento em Voz 
Aprimoramento em Neuroaprendizagem
Fonoaudiologia e Gerontologia - enfoque adultos e idosos
Aprimoramento em Motricidade Orofacial: Funções Orofaciais - Terapia e Discussão de Casos 
Diversidade Escolar – Reenquadramento a Sala de Aula em Diferentes Níveis de Aprendizagem, com Adaptações Curriculares e Adaptações das Provas Escolares
Transtornos Neurofuncionais do Desenvolvimento: Dislexia, Discalculia, Transtornos de Aprendizagem E TDAH
Grupo de Estudos em Avaliação Vestibular e Eletrofisiologia 
Transtorno do Espectro do Autismo (TEA): Um enfoque interdisciplinar
Cursos Aprimoramento | Em Andamento
Cursos Atualização
 
Cursos Atualização
Cursos Aprimoramento
Grupos de Estudos
 
Cursos de Aprimoramento - Inscrições Abertas

Aprimoramento em Neuroaprendizagem

COORDENAÇÃO CIENTÍFICA:

Profº. Drº. Jaime Luiz Zorzi
Especialização na área da Linguagem, formado em fonoaudiologia pela PUCSP, em 1976. Mestre em Distúrbios da Comunicação pela PUCSP, em 1988. Doutor em Educação pela UNICAMP, área da Metodologia do Ensino, em 1997. Ex-docente dos cursos de Fonoaudiologia da PUCSP e da Faculdade de Medicina da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo. Coordenador e professor dos Cursos de Especialização em Linguagem e Educação do CEFAC – Centro de Pós-Graduação em Saúde e Educação, São Paulo. Pesquisador nas áreas de desenvolvimento da linguagem oral infantil e de aprendizagem da leitura e da escrita.

Profª Drª Telma Pantano
Fonoaudióloga, Psicopedagoga, Especialista em Linguagem, Mestre e Doutora em Ciências pela FMUSP, Pesquisadora pelo Serviço de Psiquiatria da Infância e adolescência do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo.

Início:
Outubro de 2017
Duração: 130 horas/aula. Aulas mensais de 10horas/aula aos sábados.
Módulos: 13 módulos de 10h cada
Inscrição: R$ 120,00 (com 50% de desconto)
Mensalidade: R$ 390,00 - vencimento dia 10 de cada mês
Ex aluno: R$ 360,00

JUSTIFICATIVA:
A Neuroeducação abrange um campo interdisciplinar de conhecimentos envolvendo, entre outras, a neurociência, a pedagogia, a fonoaudiologia e a psicologia, tendo em vista desenvolver métodos de ensino eficazes e com sólida base científica.

Embora seja uma ciência relativamente nova, a Neuroeducação tem experimentado grande crescimento mundial na medida em que, tendo como objetivo criar melhores condições de ensino e aprendizagem, procura levar, para a prática diária dos educadores, descobertas importantes sobre os processos de aprendizagem, memória, atenção, processamento de informações, aquisição da linguagem oral e escrita e outros conhecimentos acerca do desenvolvimento humano. A escola deve ser, por excelência, o espaço ideal para a aprendizagem. Porém, quem ensina deve ser capaz de dominar, além do conteúdo que professa, conhecimentos a respeito de como as informações que estão sendo passadas são processadas pelo cérebro do aprendiz, a ponto de garantir a assimilação, a manutenção na memória, a recuperação e o uso de tais informações. Dificilmente uma aprendizagem sólida, duradoura e de qualidade pode ser alcançada sem tal base de conhecimentos. Deve-se considerar, ainda, as diferenças pessoais, os diversos estilos de aprendizagem e os possíveis transtornos que afetam a aprendizagem, o desempenho escolar e a própria adaptação social, como é o caso da deficiência mental, do autismo, dos distúrbios de aprendizagem e da dislexia.

A Neuroeducação tem, como um de seus propósitos, compreender tais diferenças e analisar o impacto de tais transtornos sobre o aprendizado dos alunos, tendo em vista formar os educadores, não só para que possam detectar tais problemas mas, principalmente, para que se tornem capazes de desenvolver melhores estratégias de ensino e de aprendizagem.

OBJETIVO:
Conduzir, de forma prática e aplicada, profissionais ligados à área da educação, ao conjunto de conhecimentos que compõem a Neuroeducação. no sentido de formá-los para que possam identificar, compreender e criar estratégias que possa desenvolver e estimular processos neurocognitivos fundamentais envolvidos no ato de aprender, criando métodos eficazes de ensino-aprendizagem.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS:
• Compreender as bases neurocientíficas dos processos envolvidos na aprendizagem;
• Identificar perfis neuropsicológicos na normalidade e nos principais transtornos do desenvolvimento que podem prejudicar a aprendizagem;
• Desenvolver e aplicar, nas práticas diárias de ensino, conhecimentos e estratégias neurocientíficas que garantam um melhor processo de ensino-aprendizagem;
• Desenvolver estratégias de ensino que possam ser aplicadas na educação especial visando a inclusão escolar e social.

PÚBLICO ALVO:
Fonoaudiólogos, Psicopedagogos, Psicólogos,Pedagogos e demais profissionais envolvidos com a educação e aprendizagem.

PROGRAMA:
1- Bases neurofuncionais nos transtornos de aprendizagem, TDAH e outros transtornos psiquiátricos
2- Procedimentos de avaliação fonoaudiológica da leitura e da escrita: como aplicar e interpretar os protocolos disponíveis
3- Avaliação Multidisciplinar: análise e correlação das avaliações neuropsicológica, psicopedagógica  e fonoaudiológica
4- Desenvolvimento do raciocínio clínico: apresentação de Caso, Diagnóstico Diferencial e Comorbidades
5- Planejamento e elaboração da intervenção com Leitura
6- Planejamento e elaboração da intervenção com a Escrita – Produção Textual
7- Planejamento e elaboração da intervenção com disortografia e disgrafia
8- Programas de remediação: controle da eficácia nos transtornos de aprendizagem
9- Análise e desenvolvimento de propostas para a intervenção em sala de aula – aspectos preventivos e de inclusão
10- Discalculia: definição, avaliação e intervenção
11- Processamento Auditivo e sua relação com os transtornos de aprendizagem
12- Funções Executivas e os transtornos de aprendizagem.

CLIQUE AQUI E FAÇA SUA INSCRIÇÃO

< voltar